Entrevista com o Líder Rafael Máximo 7


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Olá, pessoal! :D

Hoje vamos ver a entrevista do Líder Rafael Máximo, um dos jogadores mais antigos da LOP-SP, apesar de ter entrado em julho de 2011. Dêem uma boa olhada, pois é certeza que ele irá defender um dos ginásios no Anime Dreams!

Ainda esta semana, provavelmente amanhã, iremos colocar a entrevista do Líder Jesus, que também estará presente nos torneios do Anime Dreams! Acompanhem aqui e no twitter. :)

Nome: Rafael de Andrade

Idade: 25 anos

Joga desde: 1998

Pokémon favoritos?

  • 1ª Geração: Butterfree
  • 2ª Geração: Kingdra e Togetic
  • 3º Geração: Milotic
  • 4º Geração: Infernape
  • 5º Geração: Não gostei de nenhum, todos são feios e bobos com cara de melão XD

Tipos favoritos? Água e voador.

Quantidade Atual de Badges: Boa pergunta… se não me engano, são 4 ou 5. Nunca fui de jogar sério em ginásios.

Estilo de jogo? Depende do momento e do oponente. Costumo jogar ofensivamente, mas gosto mesmo é de surpreender usando táticas ou pokémon que ninguem está acostumado.

O que faz fora da LOP? Estudo Comércio Exterior na FATEC de Barueri e trabalho no Banco do Brasil. Fora isso costumo passear com os amigos indo a festas, cinemas e restaurantes. O resto é básico. (academia, tv, internet…)

História na Liga Pokémon

Nesse momento devo ser, junto com o Dog, um dos jogadores mais antigos da LOP. Comecei a jogar nos últimos torneios (Mall Tours) organizados pelo então E4 Kasumi em 2000. Em 2001 participei do primeiro DE4, onde minha participação não foi expressiva. Já no ano de 2002 passei a ser conhecido por ter ganhado do grande Lorde Noga (um dos campeões do DE4 do ano anterior e também o mais carismático) chegando assim nas semi-finais. A partir daí sempre tive boas participações nos campeonatos anuais.

Durante a geração RSE eu parei um pouco de participar de torneios, apesar de continuar indo para prestigiá-los e rever os amigos. Com o início da geração DPPt eu voltei a jogar e passei a ajudar nas organizações dos torneios da LOP-SP mesmo sem ser líder. Acredito que foi por isso que o Hidro e o Dog me convidaram para fazer parte da organização.

Algumas curiosidades sobre minha passagem na LOP: Nunca ganhei um DE4 (seria isso uma sindrome de Ash Ketchum?), mas já cheguei a 3 finais, uma no torneio multi de 2006 e duas no de 2009, neste último chegando em dois dias seguidos. Apesar de nunca ter ganho, desde 2002 eu não deixo de ficar entre os 8 melhores de um dos dias. Fui também o primeiro treinador a ganhar uma insígnea em torneios de RSE. No primeiro unificado da LOP em 2003 fui o discípulo do ginásio Venenoso, tendo o treinador All Ho-oh como Líder, pois o verdadeiro líder, Lorde Noga, morava longe e não pôde vir.

Não sou muito bom para falar de mim mesmo (sou absurdamente tímido), por isso provavelmente devo ter esquecido algo e vou me arrepender quando esta entrevista já estiver postada. Acontece.

Uma dica para os novos jogadores:

Por muito tempo eu fui conhecido por ter sorte ao jogar (que fique claro que isso não acontece mais ¬¬) e por isso eu considero a sorte como uma coisa muito importante para se ganhar. Em pokémon tudo é probabilidade. Não basta ser um exímio jogador e acabar perdendo para um iniciante por azar, você (quase) nunca tem 100% de garantia de algo.

Outra outra coisa que eu considero importante é o contato com outros treinadores: você nunca vai aprender a jogar em nível competitivo se não tiver experiência e o único modo de adquiri-la é conhecendo e batalhando cada vez mais. Com isso você vai melhorar naturalmente e também fará amizades (o que eu considero mais importante). E por último: DIVIRTAM-SE. Pode parecer clichê, mas ninguem consegue se tornar bom em algo sem estar realmente se divertindo com essa coisa. Esqueça os prêmios, esqueça a rivalidade, apenas se divirta, assim a vitória virá naturalmente.

Gostaria de se tornar um redator da LOP-SP e escrever sobre Pokémon? Cadastre-se neste formulário!


Sobre Carlos Agarie

Joga Pokémon há quase 18 anos, além de Shin Megami Tensei, Final Fantasy e StarCraft. É o Organizador Principal da Liga Pokémon de SP e um dos Tournament Organizers nos eventos oficiais.


Deixe uma resposta

7 pensamentos em “Entrevista com o Líder Rafael Máximo

  • Rafael de Andrade

    Volte a jogar sim ^^
    Aproveita essa animação e dá uma colada em algum torneio, o evento do Shopping Vila Lobos por exemplo…

  • Fabricio

    Nossa faz fatec em barueri? eu moro em barueri, sempre procurei jogadores por aqui anos atraz e nunca encontrei, hoje não jogo mais, mas estou pensando em voltar a jogar!

  • Izax

    Eu até tentei via twitter mas num rolou. haha
    Estamos começando, estou incitando alguns jogadores das antigas para voltarem e o resto da equipe de organização também. Valeu pelo apoio e incentivo da LOP-SP, a última vez que fui ae (Show do SOAD em outubro), eu me perdi e demorei a beça, então se alguém de nós for a SP, avisamos antes sim, todo apoio e integração com outras LOPs é fundamental pra manter o Pokemon ativo e interessante em todo Brasil.

  • Carlos Dog Autor do post

    Obrigado pelo comentário, Izax.

    Fico muito feliz de ver o pessoal de uma nova LOP com essa atitude. Para crescer, precisa entender que não é fácil manter uma LOP e correr atrás de lugar pra fazer torneios é uma dor de cabeça. Mas depois que você fica grande, percebe que não tem como dar conta de tudo… :)

    Sobre a falta de torneios, procurem lojas de card game e de jogos. Elas costumam estar interessadas em ter atrações “diferentes” e vocês podem conseguir algum prêmiozinho com eles, fazendo algo do tipo: “R$5 de inscrição, o dinheiro vai pra vocês e vocês arrumam uma fita de DS pra gente”. Algo assim.

    E se algum de vocês vier aqui para SP por qualquer motivo, nos avise via twitter ou e-mail para marcarmos de jantar com o resto da organização da LOP-SP! Sempre dá pra trocar boas idéias assim. XD

    Boa sorte para vocês também! :D

  • Izax

    É legal ver no site das outras LOPs do nosso Brasil coisas do tipo “um dos jogadores mais antigos” e Joga desde 1998 e talz.

    Estamos iniciando um trabalho bacana aqui no Amapá, e sempre prestigiando o trabalho das outras LOPs, só que agora mais ativamente.

    Eventos aqui são muito esporádicos Amapanime (Junho/Julho) e Amapanime K.O (no final do ano), e outros que aparecem do nada… mas agente sempre tá lá.

    Esperamos crescer e contar com o apoio de todos pra gente jogar Pokémon do Oiapoque ao Chuí (pq mesmo morando na capital tenho casa no Oiapoque e não deve ser difícil arrumar um trainer no Arroio Chuí/RS… Já pensaram?)

    Até a próxima e bom trabalho no Anime Dreams.

    Izax