Opinião do Ciro Chocotone sobre a Game World 2


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Bem amigos, estou um pouco atrasado mas aqui esta um pequeno resumo sobre a GameWorld. É a minha visão sobre os três dias.

Sexta-feira

O dia comercial da GameWorld foi bem interessante, voltado para o contato com as empresas e fechado para o público geral. Foi um dia para aproveitar e conhecer o local e as empresas que fizeram conta do evento.

No estande da Saraiva houve o lançamento de alguns livros sobre video games, como o de Assassin’s Creed e um sobre a Nintendo (se me lembro direito), alguns PS Vita para que todos os que visitassem o evento vissem os recursos que o portátil oferece (e fazer você ficar com vontade de comprar um portátil sem promessas de bons jogos por um preço absurdo).

Também tinham duas grande TVs/telões com um cockpit de respeito para fazer qualquer pessoas que tenha comprado sua carta de motorista sentir como se pilota um carro de F1 ou carro da nascar.

No estande da Nintendo havia o lançamento de dois jogos de peso:

  • Mario party 9: Apesar de ser mais um de uma série repetitiva é um game bem divertido para jogar com os amigos.
  • Kid Icarus: Um game muito bem feito, com os melhores graficos para 3DS em minha opinião, com os efeitos de 3d muito bons, porém com a pior jogabilidade possível. Um jogo para você pedir emprestado para o seu amigo fanático por Nintendo, jogar por umas horas, e depois de ficar irritado com a jogabilidade, devolvê-lo para o dono

Além de varios 3DS com Mario Kart 7 para a alegria de quem curte um jogo bacana de Mario / corrida. Vários computadores com jogos online – entre eles um jogo do spyro the dragon bem ridiculo, com modelos com roupas do spyro igualmente estranhos que nem deveriam ser mencionadas nesse post, mas valeu pelo profissionalismo.

Pude presenciar a palestra com meu amigo Ricardo Syozi, redator da Nintendo World e dono da loja KyoHQ onde ocorrem periodicamente torneios da LOP-SP. Também assisti a do grande artista por trás de varios jogos da série Final Fantasy, Yoshitaka Amano. Pude presenciar a visão de um tipo diferente de artista, seu ponto de vista e técnicas bem como tambem presenciei perguntas idiotas de pessoas whatever e uma única boa pergunta bem feita por Reuben Langdon – o Ken Masters da vida real

Depois da palestra pude ver a exposiçao do Yoshitaka Amano e jogar alguns games que estavam em amostra na feira, como Ninja Gaiden 3 e Resident Evil: Operation Racoon City, que já entraram na lista de jogos a serem comprados.

Por fim um free play de SUPER STREET FIGHTER IV ARCADE EDITION com meu amigo Ricardo (onde eu venci de uma forma tão bonita que nem consigo descrever em palavras), com Reuben Langdon ao fundo dando uma entrevista. Assim pude ouvir ao vivo a dublagem dos meus golpes preferidos – nada como ouvir ao vivo um bom “hadouken”, “shouryuken” e “tati-tureque-teque-tuguem”.

Sábado

Houve o tão esperado primeiro torneio oficial de Nintendo DS Pokemon Black/White!

Com mais de 45 jogadores, inclusive de outros estados, divididos nas categorias master, senior e junior, tivemos cinco rodadas com muitas batalhas em um sistema de jogo diferente e regras bem diferentes das que costumamos utilizar. Ao final, o nosso amigo boliviano e vocalista do NX zero, Vinny, que entre um show e outro arrumou tempo para ganhar o torneio.

O prêmio foi um Kid Icarus – Uprising, para ele jogar no 3DS que também ganhou através da LOP-SP, no Anime Friends do ano passado.

Na praça 3DS a N-Party, nossos amigos e parceiros que recentemente completaram 5 anos, junto com o pessoal na Nintendo Blast organizaram pequenos torneios de Mario Kart, Resident Evil Revelations, entre outros jogos em que o pessoal com seus Nintendo 3DS puderem compartilhar dados atraves de seus Miis.

Tiveram diversos outros torneios ao longo da GameWorld:

  • A Copa Carrefour de Pro Evolution 2012 com o desafio de embaixadinhas, no qual nenhuma pessoa do evento tinha a capacidade de fazer mais do que três (escolheram o evento errado para fazer este tipo de desafio, ou fizeram só de sacanagem)
  • Torneio de Just Dance onde as pessoas pagaram um belo mico ao som de black eye peas
  • Torneios aleatorios promovidos pela escola Saga de desenvolvimento de games
  • O desafio ao Ken Masters/Reuben Langdon
  • Kid Icarus Uprising (eu ja mencionei a minha revolta pela jogabilidade desse jogo)
  • Mario party 9
  • Mario kart 7
  • UFC undisputed 3
  • STREET FIGHTER X TEKKEN – onde eu participei e cheguei nas semi-finais
  • City Championship – Pokemon TCG

Então…

Espero que tenham aproveitado o evento e continuem ligados para futuros torneios. Até mais!

Gostaria de se tornar um redator da LOP-SP e escrever sobre Pokémon? Cadastre-se neste formulário!


Sobre Carlos Agarie

Joga Pokémon há quase 18 anos, além de Shin Megami Tensei, Final Fantasy e StarCraft. É o Organizador Principal da Liga Pokémon de SP e um dos Tournament Organizers nos eventos oficiais.


Deixe uma resposta

2 pensamentos em “Opinião do Ciro Chocotone sobre a Game World