Natures, EVs, IVs: o que é isso? 10


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Qualquer um que tenha jogado Pokémon Gold/Silver ou seus remakes HeartGold/SoulSilver devem ter cometido o erro de aceitarem anotar o telefone do Youngster Joey. Joey, o cara dos shorts maneiros e confortáveis de se usar costuma nos ligar para se gabar de que seu Rattata “is in the top percentage of all Rattatas!”.

Mas o que significa isso? O que faz do Rattata do Joey mais especial que qualquer outro capturado no matinho. O que faz dele mais forte que o falecido Rattata (depois Raticate, RIP) do nosso rival na primeira geração?

Hoje vamos entender um pouco mais dos três conceitos básicos envolvendo a escolha de um determinado Pokémon dentro da espécie, conceitos fundamentais para quem está começando no Pokémon competitivo: Natures, EVs e IVs.

Aviso: Este artigo não vai cobrir todas as variáveis possíveis em todos os casos, a ideia é ser um artigo legal para iniciantes. Artigos mais avançados, especialmente em EVs, virão em breve.

Já que estamos falando de Rattatas, vamos olhar (usando telas de jogos anteriores) dois diferentes representantes da espécie no mesmo nível:

Rattata

Como podem ver, ambos são diferentes, mesmo estando no mesmo nível. E o que torna essa diferença possível são os três fatores citados anteriormente: Natures, EVs e IVs

Natures, EVs e IVs

Natures

As Natures definem a personalidade do Pokémon. Mas em termos de jogo, pra quem não leva o jogo pro lado emocional, isso não significa nada, já que não importa se seu Rattata é quieto ou corajoso, modesto ou tímido, o que importa é o quanto de dano ele causa ao adversário, e como ele vai sobreviver aos ataques recebidos, certo?

Pois bem, existem no total 25 Natures diferentes, e cinco são neutras, não tendo nenhum efeito. Das outras 20, cada uma aumenta um stat em 10% enquanto diminui outro na mesma proporção.

Por exemplo, o maior hit da nova geração é o Talonflame. Esse pássaro de fogo é conhecido por ser um canhão de vidro, o que significa que ele tem um poder ofensivo enorme, mas é vencido por qualquer coisa mais forte que um espirro. Todos os seus ataques bons são baseados no seu Ataque físico (Atk). Sendo assim, para fins competitivos, ele fica com uma Nature que diminui seu SpA, já que ele é desnecessário. A dúvida então fica entre aumentar seu poder de ataque ou aumentar sua velocidade (na esperança de atacar mais rápido que outros Talonflames). Com isso, a maioria dos treinadores fica dividido entre as Natures Adamant (para aumentar o ataque) ou Jolly (para aumentar a velocidade). E como é a relação entre todas as Natures? Dê uma olhada na tabela abaixo:

Pokémon natures

Meio complicado, não? Na verdade, não. Conforme você adquire experiência, vai se lembrar das principais, já que a maior parte das estratégias gira em torno de 5 ou 6 delas. Mas para facilitar ainda mais, desde HGSS, a Game Freak facilitou a coisa pra gente, como mostra a imagem abaixo:

+-

Antes, precisávamos decorar qual Nature fazia o quê. Agora, basta bater o olho. O stat que estiver em vermelho é o melhorado, o em azul é o piorado. Sendo assim, observando os dois menus na imagem, podemos saber que o primeiro Pokémon é da Nature Impish, e o segundo é Modest.

A Nature do seu Pokémon é o primeiro fator importante a ser levado em conta na hora de montar um time. Qual o objetivo que você tem para ele? Qual papel ele terá no time? Qual a Nature adequada para cumpri-los?

IVs

IV é a abreviação de “Individual Value”, que significa Valor Individual. Todos nós temos características diferentes. Às vezes, você pode pegar dois adolescentes da mesma altura, peso e idade, e um será mais rápido que o outro, enquanto o outro será mais forte.

Transplantando esse conceito pro Mundo Pokémon, cada um tem um valor individual em cada um dos seus seis stats (HP, Atk, Def, SpA, SpD, Spe), que vai de 0 a 31. No nível 50, a diferença entre um Pokémon com 0 IVs e outro da mesma espécie com 31 IVs é de 16 pontos num stat. No nível 100, são 31 pontos de diferença. E quando levamos em conta que os cálculos de dano são feitos, às vezes para seu Pokémon sobreviver com 1 ponto de vida às vezes, isso faz muita diferença. Além desse efeito primário, os IVs também decidem o tipo de Hidden Power que cada Pokémon terá, mas isso é assunto para outro guia.

EVs

Depois que você decidir qual Pokémon quer utilizar, você terá que decidir a Nature dele. Decidida a Nature, terá que pensar nos ataques (para o caso de Egg Moves) e fazer breeding para conseguir os melhores IVs possíveis (já temos um guia sobre novas técnicas de cruzamento, e vamos ter um de breeding em breve).

Mas antes de levar seu Pokémon para batalhar, você precisa elevar os EVs dele. EV é a abreviação para “Effort Value” (Valores de Esforço), e traduzem exatamente isso: o esforço que seu Pokémon faz ao derrotar Pokémon adversários (ou simplesmente participar da batalha – mesmo que seja com Exp. Share) é recompensado com pontinhos. Cada espécie de Pokémon dá de 1 a 3 pontos de EV em um determinado stat, independentemente do nível em que ele está, é fixo por espécie. Cada 4 (no Lv. 100) ou 8 (no Lv. 50) pontos de EV significam 1 ponto a mais num determinado stat, cada stat pode ter no máximo 252 pontos totais (o que equivalem a 63 pontos no Lv. 100 e 31 pontos no Lv. 50) e 510 pontos de EV totais.

Isso significa que você não pode simplesmente maximizar todos os EVs, visto que há um limite pra isso. Por outro lado, um Pokémon que tivesse, por exemplo, 10 EVs em HP e 100 em cada um dos outros stats seria bastante equilibrado, mas muito fraco competitivamente. Por isso, o spread EV padrão é colocar 252 pontos nos dois stats principais, e os restantes em qualquer outro. Claro que essa não é a única forma de se dividir, mas é a padrão.

Você também pode dar vitaminas (Protein, Iron, Carbos, etc.) para seu Pokémon, cada uma delas aumentando 10 EVs, mas elas param de fazer efeito quando um determinado stat atinge 100. Outra forma de subir o EV, exclusiva na sexta geração, é o uso do Super Training, mas ele é demorado demais.

Pensando nisso, na semana que vem traremos um guia sobre como treinar os EVs muito mais rapidamente, ao ponto que você poderá ter um Pokémon completamente “effortado” em cerca de 15 minutos. Também teremos guias sobre distribuições avançadas de EVs, bem como análise de determinados Pokémon, com possíveis spreads de EVs, explicando o porquê de cada uma delas.

Bem, pessoas, o que tínhamos pra vocês hoje era isso.
Espero que ajuda bastante, especialmente quem está começando no Pokémon competitivo.
Namaste!

Obs.: A maior parte das imagens e a ideia base do artigo foram tiradas do Nugget Bridge, e usadas com a permissão deles. Podem ver o artigo original clicando aqui.

Gostaria de se tornar um redator da LOP-SP e escrever sobre Pokémon? Cadastre-se neste formulário!


Sobre LH Almeida

LH Almeida joga Pokémon desde 96, competitivo desde 2001, e continua tentando ser o melhor, como ninguém nunca foi, especialmente em VGC. Sua maior paixão é breedar Pokémon e não tá nem aí pros shinies (exceto Umbreon e Pachirisu). Ele também é árbitro de futebol americano, editor do Mile High Brasil e trabalha como tradutor.


Deixe uma resposta

10 pensamentos em “Natures, EVs, IVs: o que é isso?