Em busca do breeding perfeito 15


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Bem, amigos da LOP-SP, estamos aqui mais uma vez para trazer outro guia. Desta vez, vamos falar sobre breeding, ou o ato científico de colocar dois Pokémon num lugar que supostamente deveria ser uma creche, para copularem freneticamente em busca de um Pokémon perfeito, enquanto todos os considerados imperfeitos ou “spitbacks”, um termo que não pode ser traduzido em português devido a restrições de idade, têm seus dados apagados eternamente ou são enviados sem dó nem piedade através de Wonder Trades, enquanto que os arianos, os superiores, os 5 ou 6 IVs perfeitos permanecem e veem um dia ensolarado nas batalhas (ou uma dança da chuva, ou uma tempestade de areia, ou… bem, vocês entenderam).

Além da forma como escrevo, este guia não deve ter nada de novidade em relação aos outros tantos por aí sobre o assunto. Claro que todos têm semelhanças, pois tratam do mesmo assunto, mas espero fazê-lo de uma forma que fique bem simples de entender. Será um post longo, então sente-se confortavelmente antes de começar a lê-lo.

Pois bem. Estão sentados? Então irei ensinar-lhes a refinada arte de breedar o Pokémon perfeito. Como regras fixas, cada Pokémon faz parte de um ou dois egg groups. Todos os Pokémon, exceto os do grupo “no eggs” e “genderless“, podem cruzar com qualquer Pokémon do mesmo grupo, e todos eles, menos os do “no eggs“, cruzam com Ditto. Geralmente, você cruza espécies diferentes para ensinar a um determinado Pokémon ataques que ele normalmente não aprenderia, os chamados “egg moves“. A imagem a seguir é um exemplo:

Atenção a dois detalhes especiais: primeiro, o Pokémon filhote SEMPRE vai nascer da espécie da mãe (a não ser que um macho cruze com um Ditto). E uma mudança importante que aconteceu na geração VI é que antes apenas o pai poderia passar egg moves, mas agora a mãe também passa. Isso permite criar Pokémon com uma combinação completamente nova de ataques, como por exemplo uma Chansey ou Miltank com egg moves vindos de espécies diferentes.

Já foi comentado em um post anterior que há novas mecânicas no jogo, e elas se referem especialmente ao breeding, vamos falar sobre isso já já, mas antes, vamos começar falando sobre ingredientes necessários para começar a breedar:

Ingredientes:

  • 1 Everstone
  • 1 Destiny Knot
  • 1 Bicicleta
  • 1 Hatching O-Power Level 3
  • 1 Talonflame capturado numa Friend Safari (com Flame Body)
  • 1 HM Fly
  • 1 Coisa para travar o analógico do seu 2/3DS
  • 1 Monte de Friend Safaris
  • Vários Pokémon com Synchronise
  • 2 ou mais pais
  • 1 Pouquinho de Paciência

Misture tudo com um pouco do elemento X e terá seu Pokémon perfeito. Tá, mentira, não é assim. Vamos tratar ponto a ponto:

Everstone

A Everstone é um item que, em princípio, parece quase inútil. A primeira função dessa pedrinha é impedir um Pokémon seu de evoluir, mesmo que ele tenha nível para isso ou seja trocado, isso ajuda quando você tem um Kirlia macho que quer evoluir pra Gallade só depois que aprender um certo move, e tem preguiça de apertar o B toda vez que ele sobre de nível. A segunda é trollar você, quando uma garotinha em Snowpoint (na 4ª geração dos jogos) oferece um Haunter por um Medicham, e você todo feliz troca achando que vai ganhar um Gengar quando ela vem e “Tee-hee, equipei uma Everstone nele”. Mas antes de tacar a pedra na cabeça dela (até porque ela deve ter morrido congelada naquela cidade isolada do passado), lembre-se de que ela é bem útil se você quer breedar seu exército ariano de Pokémon perfeitos. Porque graças a ela, ao invés de você depender da sorte na hora de um filhote nascer com determinada Nature, você tem garantido que ele nascerá com a mesma do pai que estiver segurando esse item ao ser colocado no DayCare (a creche para… fornicação).

Destiny Knot

O Destiny Knot é um item que é batalha tem quase nenhum efeito. Se o Pokémon segurando aquilo fica enfatuado, como por exemplo por efeito do Attract, o adversário também fica, transformando a arena numa briguinha de casal, a não ser que algum treinador decida tirar um dos pombinhos da arena. Ninguém que se preze usa esse item em batalhas. Mas ao invés de dar o belo novelo para sua vó fazer tricô, que tal dar para o outro pai? Isso mesmo. Enquanto um dos pais deve segurar a Everstone pra passar sua Nature pro filhote, o outro pai deve segurar o Destiny Knot. Isso garante que 5 IVs dos pais serão passados. Se vocês leram o texto básico que escrevi sobre isso, sabe o que são IVs (se não leram, façam de conta que leram, corram pra lá, ninguém vai ver). Normalmente, um filhote herda 3 IVs (aleatoriamente) dos pais, e os outros 3 são gerados pelo gerador de Critical Hits na sorte pelo jogo. Com o Destiny Knot, isso é um pouco mais fácil de ser controlado. Isso é muito importante para o processo do breeding em si, pois poupa muito tempo, reduz o nível de aleatoriedade e diminui consideravelmente o tempo necessário para gerar um filhote competitivamente perfeito.

Bicicleta

Vai por mim, você não vai querer andar a quantidade absurda de passos necessários para um Pokémon nascer. Com a bike é bem mais rápido.

Hatching O-Power Level 3

Uma novidade em XY, o Player Search System permite a você batalhar, trocar e papear com treinadores no mundo todo. Você pode encontrar um desconhecido online e desafiá-lo. Mas algo mais legal ainda é a possibilidade de usar O-Powers, que dão boosts ao seu jogo. Eles podem aumentar a felicidade do seu Pokémon, a experiência ou dinheiro recebido em batalhas ou diminuir o número de passos necessários para rachar um ovo. Quando o Hatching Power, o O-Power definitivo, chega ao seu nível 3, ele corta pela metade o número de passos necessários para um ovo rachar. Falaremos sobre como pegar todos os O-Powers, assim como dicas de sobrevivência no in-game (como localização de todas as TMs e Berries) num próximo guia, aguardem.

Talonflame

Esse pássaro deixou de ser o Pidgey da nova geração para se tornar uma presença constante nas batalhas competitivas, especialmente por sua Ability especial Gale Wings, que dá prioridade a todos os moves do tipo Fly. Entretanto, o que você quer aqui não é isso. Usando um Pokémon com Trace (Ralts vem à mente), entre numa Friend Safari e capture um Talonflame que demonstre ter a Ability Flame Body. Essa ability em batalha faz com que um Pokémon, ao ser atacado fisicamente, tenha chance de queimar o adversário. Mas a melhor parte dela é que ela corta pela metade o número de passos para rachar um ovo. Isso, combinado com o Hatching Power Lv. 3, faz com que você leve apenas 1/4 do tempo original necessário. E a recomendação pelo Talonflame é porque ele pode aprender a HM Fly, que vai ser muito útil pra ir até Lumiose, para o próximo passo.

Coisa para travar o analógico do seu 2/3DS

Pois bem, todos os jogos de Pokémon tiveram seus hotspots de rachar ovos, rotas enormes onde você poderia ficar subindo e descendo. Na terceira geração, havia um pedacinho de uma ilha que tinha um bug que permitia a você ficar subindo e descendo no mar, e aquilo contava como passos. Em XY temos Lumiose. Ao voar para a parte central da cidade, ao redor da torre, você deve notar que, ao se mover para o lado, seu personagem fica andando em círculos. Então equipe a bicicleta quando tiver 5 ovos mais um Talonflame, trave o analógico com um palito de dente, arame, pregador, ou papelzinho (travar o outro direcional pode fazer com que ele pare de funcionar, enquanto que basta uma leve pressão no analógico para ele funcionar direitinho) e deixe o jogo rodando enquanto você faz outras coisas. Ou use seu dedo, mas não nos responsabilize pela tendinite que virá depois disso.

Um monte de Friend Safaris

O Friend Safari é mais uma criação da Nintendo na ideia de aproximar todos os treinadores, e todos terem amigos e talz. Mas na realidade, é um ótimo lugar para capturar Pokémon para breedar. Digo isso porque, além de ser a melhor possibilidade de você conseguir pegar um Pokémon com sua Hidden Ability, todos os Pokémon dos Friend Safaris têm a garantia de ter pelo menos 2 IVs 31, ou seja, perfeitos. Quanto mais Friend Safaris de tipos diferentes você tiver, mais Pokémon provedores você terá para serem pais.

Pokémon com Synchronise

A ability Synchronise dentro da batalha faz com que, caso seu Pokémon sofra alguma alteração de status, o adversário também fique sofra. Fora da batalha, ela é bem mais útil. Ao colocar um Pokémon com essa ability na frente do seu time, você tem 50% de chance do Pokémon selvagem vir com a mesma nature dele. Bem melhor do que deixar ainda mais coisas nas mãos da aleatoriedade.

Pais

Você precisa de pais para seus filhotes, certo? Então vá para a Friend Safari, capture alguns machos e fêmea, cheque seus IVs com o paranormal que fica no centro Pokémon de Kiloude (Ele vai dizer os melhores stats do Pokémon seguido por “Stats like those… They simply can’t be beat!” – esses são os com 31 IVs) e comece a procriar (mais detalhes a seguir).

Paciência

A não ser que você tenha conseguido um clone de Ditto 6 IVs e/ou tenha pais 5 ou 6 IVs vindos do PokéBank, você vai precisar de paciência até conseguir seu Pokémon perfeito. A boa notícia é: fica mais fácil a cada passo.

Linda imagem do DeviantArt da Sa-Dui

Hora da ação

Depois de ter conseguido alguns pais com 2 ou 3 IVs da Friend Safari, é hora de colocá-los no Day Care. Vamos supor que um dos pais tenha IVs em HP e Atk, e o outro tenha em Def e SDef. Equipe a Everstone no pai que tiver a nature desejada e o Destiny Knot no outro. Coloque os dois no Day Care (rota 7) e mantenha apenas o Talonflame no seu time. Fique andando de um lado pro outro até o carinha se virar para a frente. Isso significa que tem ovo. Fale com ele, pegue o ovo, repita. Quanto tiver 5 ovos, voe para a parte central de Lumiose, vá para a parte da torre, posicione-se no meio, equipe a bicicleta, ligue o Hatching Power e trave o botão (ou fique segurando). Quando os cinco ovos nascerem, voe pra Kiloude, fale com o paranormal, cheque os IVs. Sempre que um dos filhotes tiver IVs superios aos pais (por exemplo, um dos filhotes nasceu com HP, Def e SDef), troque por um dos pais (desde que seus IVs complementem o do outro pai). Muitos Pokémon vão nascer sem nenhum IV 31, mas isso não é culpa sua, é do jogo. Como ele pega 5 IVs aleatórios entre os pais, ele pode pegar HP e Atk do que não tem, Def e SDef do que não tem, e você ficar com um Pokémon com nenhum IV 31. Continue tentando.

Repita esse processo. Não se esqueça de sempre trocar os pais pelos filhotes melhores. Quando nascer um ou dois 3 IVs, e eles forem complementares dentro do que você quer, coloque-os no lugar dos pais. Uma hora, vai nascer um 4 IVs, ou até mesmo 5, se você tiver sorte. Vá trocando até conseguir ter dois Pokémon 5 IVs em pontos complementares, e cruze até conseguir nascer um 5 IVs nos stats exatos que você queria. Se você tiver muita sorte, ainda pode nascer um 6 IVs, já que o 6º stat, que é gerado aleatoriamente, às vezes virará 31.

Importante: Sempre que deixar um casal de espécies diferentes, confira com o carinha de boné pra trás se eles são compatíveis. O ideal e deixar dois Pokémon da mesma espécie e de IDs diferentes, mas dois Pokémon de espécies diferentes e IDs diferentes, ou da mesma espécie e do mesmo ID também resolvem. Ao falar com o velhinho, ele vai falar dos seus Pokémon, e tem quatro frases possíveis que ele pode dizer:

  • “The two seem to get along very well.” – Significa que eles vão procriar que nem coelhos. Já aconteceu de eu deixar os dois Pokémon com a mulher, e ao sair da casinha, eles já terem dado ovo.
  • “The two seem to get along.” – Significa que eles não fazem sexo no primeiro encontro. Demora um pouquinho pra vir ovo, mas quando começa, vem com certa frequência.
  • “The two don’t seem to like each other.” – Prepare suas pernas. Eles vão ficar fazendo ** doce, e vão demorar pra dar um ovo. Mas uma hora vem. Isso acontece quando dois Pokémon de espécies diferentes (mesmo estágios evolutivos do mesmo Pokémon) são do mesmo ID. Aconselho a trocar os pais logo que tiver dois filhotes compatíveis e com IVs que se complementem.
  • “The two prefer to play with other Pokémon than each other.” – Desse mato não sai Raikou. Não importa o quanto você gastar o pneu da sua bike, não vai vir ovo, os Pokémon não são compatíveis.

E é só isso!

Sei que parece meio complicado no começo, mas com o tempo você pega a coisa, e se torna natural. Com essa mecânica nova os 5 IVs serem passados, algo que demorava semanas (conseguir um Pokémon perfeito para o competitivo), hoje demora alguns dias e, com sorte e bons pais, você pode conseguir ter um time perfeito para a batalha em cerca de uma semana a dez dias. Lembre-se sempre da questão do Egg Group. Se você tiver um macho com bons IVs do mesmo egg group da espécie que você quer, use-o, pois ele irá acelerar o processo.

Obviamente, quanto mais IVs os pais tiverem, mais rápido nascerá seu Pokémon Top 5, ou 6, então se você tiver algo de bom do passado, ou que conseguiu em troca, não tenha receio em usar.

Isso é tudo, pessoal. Desculpem-me pelo longo texto, mas espero ter conseguido simplificar a ideia.

Até a próxima!

Gostaria de se tornar um redator da LOP-SP e escrever sobre Pokémon? Cadastre-se neste formulário!


Sobre LH Almeida

LH Almeida joga Pokémon desde 96, competitivo desde 2001, e continua tentando ser o melhor, como ninguém nunca foi, especialmente em VGC. Sua maior paixão é breedar Pokémon e não tá nem aí pros shinies (exceto Umbreon e Pachirisu). Ele também é árbitro de futebol americano, editor do Mile High Brasil e trabalha como tradutor.


Deixe uma resposta

15 pensamentos em “Em busca do breeding perfeito