Report – Campeão Premier Challenge #4 1


Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Olá!

Sou o Lucas, jogador de VGC de Curitiba. Depois de algumas tentativas viajando para São Paulo enfim consegui o título! Eu já havia batido na trave no mês passado aonde acabei caindo no Top 8. Eu estava bastante confiante que poderia ser campeão, por isso a eliminação foi bem frustrante. E voltei com exatamente o mesmo time e venci! De quebra, faturei um cartucho de Sun/Moon. :)

Processo de teambuilding

Embora esse meu time seja muito parecido com o que o Wolfe Glick usou para ser campeão mundial a base dele é minha mesmo. Porém o time dele me inspirou a tirar a poeira dele e eu “roubei” algumas ideias dele para tornar o time mais forte.

O time em Janeiro/Fevereiro era o seguinte:

kyogre-primalrayquaza-megaferrothornmienshaocresseliacrobat

Era um time legal, mas naquela época chegou num limite e eu não estava conseguindo melhorar os resultados. Mesmo assim ainda consegui um Top Cut em uma das lives da Nugget Bridge. Eu ainda tinha uma variante com Amoonguss no lugar da Cresselia.

Inspirado no Wolfe eu peguei este time e o atualizei. No final da leitura será possível notar que a estrutura do time é bem parecida com este anterior.

Vamos ao time!

kyogre

Kyogre @ Blue Orb
Ability: Drizzle
Level: 50
EVs: 252 HP / 228 Def / 12 SpA / 12 SpD
Modest Nature
IVs: 0 Atk / 0 Spe
– Protect
– Origin Pulse
– Ice Beam
– Water Spout

É o mesmo Kyogre que usei desde o Midseason de abril. Ele é absurdamente bulky e sobrevive a praticamente tudo o que é comum no metagame. Essa variação é baseada num Kyogre de um japa que era topo do battlespot numa das temporadas anteriores. Ele sobrevive a: Dragon Ascent de Rayquaza Jolly Life Orb; Power Whip de Adamant/Brave Ferrothorn max atk; Wild Charge de Thundurus Jolly Life Orb; Volt Tackle de Raichu Zap Plate; Precipice Blades de Groudon Adamant é 80% de chance de 2hko; Helping Hand Precipice Blades Adamant single target é “apenas” 43% de chance de KO. A speed servia para que ele fosse lento para Trick Room e no modo Tailwind ele dava outspeed em Mega Salamence. Mesmo sem invenstimento ofensivo o Water Spout dele dava KO em Kangaskhan standard!

rayquaza

Rayquaza @ Focus Sash
Ability: Air Lock
Level: 50
EVs: 4 HP / 252 Atk / 252 Spe
Jolly Nature
– Protect
– Swords Dance
– Extreme Speed
– Dragon Ascent

Ah Rayquaza! Excelente companheiro do Kyogre, pois possibilita não temer Groudon e gera 50/50s que me são favoráveis. Em caso de queda do Kyogre ele venceria Groudon no 1×1. Swords Dance era excelente para aproveitar as chances de setup e punir double protects ou jogadas erradas. A Sash permitia um setup ainda mais seguro. Após setupar nem Xerneas (sem suporte) ganharia no 1×1. O spread é basicão, não havia o que inventar.

bronzong

Bronzong @ Mental Herb
Ability: Levitate
Level: 50
EVs: 252 HP / 68 Def / 188 SpD
Sassy Nature
IVs: 0 Spe
– Trick Room
– Gyro Ball
– Skill Swap
– Safeguard

Uma das estrelas da conquista desse PC. Ao lado de Kyogre e com Trick Room ativo nenhum Groudon ousa fazer switch. Ao mesmo tempo é um dos melhores checkers de Xerneas do metagame. Xerneas +2 precisa de três moonblasts para derrubá-lo, enquanto ele precisa só de 1 ou 2 Gyro Balls para derrubar ela, mesmo as mais bulkys. Skill Swap é o suporte para manter o domínio de clima e para causar dores de cabeça ao adversário, como roubar o Moody, roubar o Aerialite ou mesmo o Parental Bond. Safeguard é uma alternativa de combater o sleep spam de smeargle ou amoonguss. Ou parar aqueles thunder waves/will-o-wips chatos, que incomodam o Ray.

ferrothorn

Ferrothorn @ Leftovers
Ability: Iron Barbs
Level: 50
EVs: 252 HP / 76 Atk / 4 Def / 4 SpA / 172 SpD
Brave Nature
IVs: 0 Spe
– Protect
– Leech Seed
– Gyro Ball
– Power Whip

Ele é a principal diferença deste meu time em comparação com o do Wolfe Glick. A presença dele melhora, e muito, o matchup contra outros Kyogres, que eu não teria muitos meios de lidar. O Ray tira uns 70%, mas pode morrer em seguida se estiver sem a sash. O Crobat arranca 50%, mas precisa de alguém para finalizar (pode ser o Ray). Bronzong não faz nada. Hitmontop não faz nada. Na chuva o Ferrothorn fica bem dificil de derrubar já que praticamente não há golpes lutadores no metagame. E os que aparecem o Ray consegue lidar bem. Com o auxilio da chuva ele pode ficar dando spam de leech seed e ir minando o adversário pouco a pouco. Sem falar que ele é um check extra também para Xerneas.

hitmontop

Hitmontop @ Eject Button
Ability: Intimidate
Level: 50
EVs: 252 HP / 132 Atk / 76 Def / 44 SpD / 4 Spe
Adamant Nature
– Fake Out
– Feint
– Wide Guard
– Close Combat

Ele é exatamente o mesmo do Wolfe. Uma grande descoberta. Ele dá um suporte enorme ao time: Intimidate; Feint para parar Wide Guards ou Protects; e claro, o sempre útil Fake Out. Contra Duplo Primal ele é essencial para segurar os spreds moves. O seu item ajuda demais a reciclar intimidate e a recuperar um clima recém perdido. Nos dois jogos da final eu consegui utilizar o seu item perfeitamente para terminar a rodada em vantagem.

crobat

Crobat @ Lum Berry
Ability: Inner Focus
Level: 50
EVs: 252 HP / 36 SpD / 220 Spe
Timid Nature
– Taunt
– Haze
– Tailwind
– Super Fang

Exatamente o mesmo Crobat que já estava usando ao longo do ano, inclusive no Midseason. É a minha principal resposta a Smeargle, já que pode anulá-lo praticamente dando tailwind e depois taunt, ou super fang + golpe. Ou se o moody for bom pro adversário posso resetar com Haze. Serve também para tirar a alegria daquele Xerneas+2 ou aquele Kanga que quer “perder tempo” tentando dar PuP ao invés de bater forte logo. O suporte de tailwind ao lado do Kyogre era bastante fatal. Nada entrava muito seguro, pois o Super Fang deixava quase tudo na range do Water Spout. A habilidade dele é sensacional, permitindo agir mesmo com a enorme presença de Fake Outs, o que é um diferencial em comparação à utilização de Talonflame. Quick Guard as vezes fez falta, mas Haze era útil demais.

O torneio

Compareceram 16 jogadores e com isso o top cut era de somente 4 pessoas. O torneio tinha a premiação de um jogo de Sun/Moon.

Round 1. Na primeira rodada enfrentei uma variação de big6 com Venusaur. Era uma time “cópia” de um que enfrentei duas vezes mais a frente no torneio. O adversário parecia ser novato pois na rodada 1 deu Fake Out no Crobat. Eu dei tailwind, e depois spam de Water Spout. No fim precisei acertar os protects dele para o Ray vencer o jogo. Na segunda luta o Kyogre nem deu chances!

Round 2. Enfrentei um Pdon + Yveltal bem chato, principalmente porque havia um Scarf Smeargle. Eu fiz conforme a cartilha, Tailwind + Protect no turno 1 e no turno 2 porrada + Taunt. No decorrer da luta ele conseguiu usar Dark Void, mas no final eu consegui um Close Combat crítico importante. Na luta 2 meu lead já foi prevendo Smeargle, e fui com Hitmontop e Rayquaza. Fake Out e Swords Dance. Esse boost foi decisivo pra quebrar o time dele e vencer.

Round 3. Enfrrentei o André Fumis, que havia vencido o PC anterior. Ele estava com variação de big6 com Venusaur e Cresselia. Eu sabia que seria bem dificil. Jogo 1 eu acertei no lead com Kyogre e Bronzong contra Xerneas e Cresselia. Fui pra Spout + Gyro Ball, pois temia ter meu TR revertido imediatamente. Na sequencia, no turno 3, eu consegui levantar TR e isso selou o jogo. Jogo 2 eu fui com lead de Crobat e Kyogre, prevendo um lead dele que parasse o Bronzong (talvez Kanga). Consegui me livrar do Pdon, mas errei 2 super fangs seguidos no M-Venusaur e isso foi decisivo pra eu perder no timer. O jogo 3 fui com Top e Ray contra Groudon e Kanga. Comecei bem fazendo uma ótima leitura dele e mandei Close Combat direto no Kanga, deixando ele quase morto. Na sequencia ele fez um ótimo trabalho e se livrou bem do meu Kyogre. Eu subi Swords Dance, mas dei missplay de matar o Kanga ao invés de finalizar a Cress, e graças a isso tomei Icy Wind e meu Ray ficou condenado frente a Xerneas dele. Acabei perdendo no timer de novo.

Round 4. O adversário veio com Duplo Primal. Luta 1 foi rápida,, ele ficou confiante por estar com Sol na frente do meu Kyogre e me livrei dele fazendo a clássica troca pelo Ray. Luta 2 comecei com Top e Ray contra Kyogre e Gengar. Me livrei do Gengar no turno 1. No turno 3 consegui levantar TR e praticamente selei o jogo. Ele tentou enrolar o TR com o Groudon dele dando protect e subs, mas depois que o Ray entrou ele não teve chance.

Com isso o Top Cut ficou da seguinte maneira:

received_559774737546551

Crédito: Luiz Gustavo Valle

Fiz cut por um triz.

Top 4 — vs. André Fumis. Novamente contra o André Fumis. Na luta 1 fui com Bronzg + Kyogre contra Cress + Xerneas. Lead favorável para mim, pois nada impediria meu Trick Room. Eu não dei Trick Room, pois temi que ele usasse tentando reverter no mesmo turno. Então mandei Gyro Ball e Water Spout. Foi certeiro, eliminei a Xerneas e ele setou TR para mim. Após isso foi basicamente administrar para não deixar escapar. Na luta 2 ele mudou o lead de Xerneas pra M-Venusaur, de resto os mesmos. Dessa vez fui safe e não mandei Spout como estava fazendo contra ele. Fui pra protect e Trick Room. E isso o complicou. Mas ele acabou arriscando e imaginou que eu não fosse dar Skill Swap + Water Spout. Mas eu fiz e me livrei do Groudon dele. Agora era só administrar pro Ferrothorn vencer. GGs.

Final — vs. Luiz Gustavo Valle. Esse foi um confronto entre estrangeiros, pois tanto eu como meu adversário éramos de outros estados. Além disso, havíamos feito duas partidas BO3 de treino antes do torneio, e já havíamos utilizado nossos times um contra o outro, num BO3 de treino no mês anterior, para treinar esse time para o Premier Challenge passado.

Ele estava de Duplo Primal com Weaville. Comecei com Crobat e Kyogre contra Mence e Thundurus. Fui conforme a cartilha, Protect e Tailwind. Depois Water Spout + Super Fang e eliminei o Thundurus e condenei o Kyogre dele na troca. Na sequencia, após o Groudon dele entrar, eu consegui usar perfeitamente o Eject Button para fazer o Ray entrar safe e me dar vantagem contra o seu Groudon. Ele fez uma leitura excelente e se livrou do meu Ray, mas eu conservei o Kyogre para entrar no fim com vida cheia e com vantagem de clima e selar a vitória. A luta 2 comecei com Top e Kyogre contra Kyogre e Bronzong. Mandei Fake Out + Water Spout pra conseguir dano de graça. Deixei-o fazer Trick Room, pois seria mais vantajoso para mim. Na sequencia fiz uma troca obvia e ele pegou meu Ray na troca. Entrou o Groudon dele e eu mandei o Top. Tirei o Kyogre, ele bateu no Top e o item ativou, fazendo o meu Kyogre voltar imediatamente, sem dano algum. Mandei Spout + Gyro Ball (achei que o Mence entraria no slot do Kyogre, fui burro). No fim ele tava com Groudon e Mence contra Ferro e Ogre na chuva. Missei Origin Pulse e deixei de selar o jogo. Na sequencia ele critou o Precipice Blades e impediu meu Water Spout de eliminar seu Groudon. Perdi, mas ele acabou me concedendo. Campeão!

topcutpcsp

Braz, Eu, Valle e o organizador Carlos Agarie. Crédito da foto: Braz.

Gostaria de se tornar um redator da LOP-SP e escrever sobre Pokémon? Cadastre-se neste formulário!


Deixe uma resposta

Um pensamento em “Report – Campeão Premier Challenge #4